quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Em alemão, sim. Eu fazia - e infelizmente ainda faço - este erro quase todos os dias. Agora estou na fase de falar: "Ich und Fulano...OPA! Fulano und ich...". O "fulano" na frase em alemão foi licença poética(oi?), viu, gente? Sei lá como eles chamam! E sim, sempre quando eu erro uma frase em alemão eu me corrijo com um alto e sonoro "OPA" em português mesmo e continuo a frase. Se fizessem um programa tipo "As cariocas" (e ontem começou "As brasileiras", vocês viram? - Correção: começa hoje! Depois do BBB!) eu seria, certamente, "A doida na Alemanha". Como assim eu me corrijo com um "OPA"? Verdade seja dita, às vezes eu solto só um "Ô", balanço a cabeça negativamente e me corrijo. Meus amigos já estão acostumados (espero)!

Bom, continuando com o tema do post, em alemão é muito feio falar o "eu" na frente de outra pessoa enquanto você está contando uma história. Claro que nós somos gringas e gringos e podemos nos dar ao luxo de cometer erros sem muitas preocupações, mas também é legal saber o jeito certo e sempre nos aperfeiçoarmos, não é mesmo? Por isso, hoje eu ensino para vocês algo que aprendi faz pouco tempo: sempre falar primeiro o nome da pessoa que estava na história e depois o seu. Por exemplo: digamos que eu estava no Brasil em pleno verão para fugir do inverno da Alemanha (baseado* em fatos reais) e vamos fingir que Schatz veio comigo. Se eu fosse conversar com um alemão sobre isso, eu deveria contar dizendo "Schatz e eu fomos ao Brasil..." e nunca dizer "Eu e Schatz fomos ao Brasil", entenderam? Esta última frase é muito feia na língua alemã simplesmente por questão de glamour, educação. E eles têm até um ditado para isso que, traduzido, é "O burro se coloca na frente". Ou seja, se você falar "eu e fulano", você não sabe falar a língua direito, é, além de burro, egoísta e está se colocando na frente. Não vou dizer que é um ditado bonito, mas que é interessante é!

*Como nem só de língua alemã sobrevive este blog, vai um pouquinho de português aqui também: eu sei que todo mundo fala "baseado em fatos reais", mas é erradíssimo, viu? Eu falei ali em cima, mas também era licença poética(?). Tente sempre trocar a frase por "com base em fatos reais".

Chega de aulas por hoje, né, minha gente? Eu ainda tenho que ver os convites do casório!!

Beijos, queridos!


P.S.: Será que vou conseguir postar todos os dias da semana? Estou me redimindo bem das semanas que fiquei sem postar, hein?

, , ,

4 comentários até agora

  1. barb diz:

    esse idioma alemao é interessante viu, eu tb falava assim, mas aqui a regra é outra...outro dia tava no meu Job e estavamos conversando eu e uma alema, ela professora de alemao, sobre o uso do 'du e do Sie' eu dizendo que no Brasil usamos o du quase sempre, usamos o Sie em casos especiais, como órgaos públicos, ou com pessoas mais velhas, pq no nosso caso usar o Sie as vezes soa como ofensa é como se tivessemos achando a pessoa velha, já aqui é respeito, mas o que achei mais interessante é o que alema disse... esse respeito é pq na verdade se tirasse o Sie nao haveria respeito nenhum, que subtendido nao há, os alemaes se acham, segundo a própria alema..., entao para evitar isso o uso do Sie e com isso enfim o respeito.

    Responder comentário

  2. Realmente, Barb! No alemão tem que ser tudo beeem faladinho! Eu tenho problemas com o "du" e o "Sie" também. Direto eu falo "du" e me corrijo para "Sie". Schatz e eu conhecemos uma senhora há uns 3 anos (mas é raro encontrarmos ela) e até hoje ela não deixa a gente usar "du". Todos os outros deixam, mas ela não. Engraçado, né? Beijos!

  3. Anônimo diz:

    mas em português também se usa essa regra, nós que falamos erradomeu irmão sempre diz que quando você vai contar uma história o "burro" vem na frente e ao menos que você não queira ser o "burro" o seu nome deve vir por último. Ele diz que essa é a regra do burro. e olha que nem alemão ele fala rsrs.

    Responder comentário

  4. O post foi feito para mostrar que na língua alema nao se fala - em hipotese alguma - o seu nome antes do nome de outra pessoa (Eu e fulano) por ser extrema falta de educacao.
    Em português pode até nao ser o mais correto falar "Eu e fulano", mas está longe de ser considerada uma frase desrespeitosa. Para nao complicar a sua vida, vou escrever duas frases em português mesmo (pq eu poderia escrever em alemao. rsrs):

    - Se vc falar "eu e fulano" (até entre amigos) é considerado falta de respeito na língua alema.
    - Se vc falar "eu e fulano" ou "fulano e eu" no dia-a-dia nao faz diferenca em português (ninguém ficará ofendido).

    Agora, caso vc ainda nao tenha entendido a diferenca, peca pro teu irmao te explicar. rsrsrs

Comente!