terça-feira, 14 de maio de 2013

No último post, comentei sobre Zurique ser uma cidade bacana, bonita, mas que - como turista - eu não vejo muito o que fazer por lá. Penso que dois dias em Zurique sejam suficiente. Também comentei sobre minha paixão pelas cidades pequenas da Suíça. Pois bem, é sobre uma delas que vou falar hoje. E o melhor: pertinho de Zurique (uma hora, mais ou menos). Então, para você que já agendou 4 dias por lá e quer conhecer uma outra região, super indico a "Cidade das Rosas": Rapperswil.

Rapperswil é bem o que imaginamos do país. É olhar para uma casinha, um canteiro e exclamar: "É.. Eu estou realmente na Suíça!" Quem avisa, amigo é: vocês acharam que o post sobre Filzmoos tinha muita foto? Gente, o de hoje tem apenas mil vezes mais. Só foto linda, você vai ver!







Tem pedalinhos para dar uma voltinha no lago:


Os da foto abaixo são ótimos para ir com criança. Tem até escorregador para elas caírem direto na água!





Foco nas cadeiras do canto direito da foto acima:


Na cidade tem um castelo. As fotos a seguir são do trajeto até lá:















Primeira vez que vi um veado albino:





Os quadrados marrons são plantações de rosas. Por isso que Rapperswil é conhecida como a "Cidade ds Rosas". Fomos na primavera, mas, como já falei aqui, o inverno não quer sair da Suíça. Tá um frio de rachar. Resultado: poucas flores pela cidade. Pena!













Não vimos o castelo por dentro porque quando nos aproximamos da entrada, percebemos que um casamento estava sendo celebrado. Os casamentos daqui têm, em média, 40 convidados e fazer a festa em um castelo não é algo tão incomum assim. Aliás, meu casamento com Schatz foi em um castelo, vocês já leram este post?




Achei esta igreja linda! Repararam no piso verde? Diferente para uma igreja, né?





Fomos em uma cafeteria muito aconchegante (Café Rosenstädter). Tudo bem gostoso. Peguei um peda"cinho" de torta de chocolate:


Não satisfeita, pedi um chocolate quente para beber. Quem encontrar "Caotina" para vender, pode comprar. É uma delíiiiicia!


Como se o dia não tivesse sido lindo o bastante, o caminho de volta para Zurique veio para fechar com chave de ouro (as fotos foram tiradas da janela do carro em movimento. Dê um desconto, porfa - especialmente para querida Mary que morre de rir com o meu "porfa"):






Se apaixonou por Rapperswil? Eu também!

P.S.: Querida Elimar, obrigada pelo elogio! Fico muito feliz por ter gostado do meu blog! Respondendo a sua pergunta, setembro é bem instável. Ano passado um dia eu saí de vestido e no outro, tive que usar um casaco mais quente. Penso que trazendo roupas leves e um casaco mais quentinho (setembro costuma chover e Viena é uma cidade que venta muito!) você consiga curtir bem suas férias por aqui. Sobre as atrações de Viena, veja os TOP 10 aqui, acrescente o museu "Belvedere" (obra "O beijo" de Gustav Klimt), Haus der Musik (vou fazer um post sobre o Haus der Musik antes da sua viagem!) e assista uma ópera. Já ensinei como encontrar bilhetes baratos aqui! Ah, conheça o Museumsquartier clicando aqui! Beijos!

Beijos, queridos!!



Café Rosenstädter
Endereço: Fischmarktplatz 4, - Rapperswil, Suíça.
Como chegar? De carro ou de trem saindo de Zurique.
Horário de funcionamento: Todos os dias das 7 às 19h. No inverno (nov-fev), eles fecham na segunda-feira.
Site

3 comentários até agora

  1. Que delícia de lugar! Adorei as fotos. São muitas e bem tiradas!!! =) Como já disse, vc é uma excelente fotógrafa!!

    Responder comentário

  2. Ai Lê essas cidadezinhas é de enlouquecer hem?!
    Nossa, imagina na Suíça!
    Olha pode colocar MUITAS fotos, eu adoro!!
    O post fica mais gostoso, pois passamos a ter uma idéia do que você viu e doque esta contando.
    Quero muito conhecer a Suíça, tenho uma listinha de alguns pontos por lá: Berna, região dos lagos...
    beijoss flor



    Responder comentário

Comente!