terça-feira, 20 de agosto de 2013

No post de sexta falei sobre o Thumsee, um belo lago na Alemanha e prometi falar hoje sobre um do lado austríaco e aqui estou eu!

Chegamos por cima do Wolfgangsee, onde paramos para tirar esta foto:


Pronto. O post pode acabar por aqui, né não, minha gente? Armaria, é lindo demais! Este lago se chama Wolfgangsee e fica pertinho de Salzburg. Pertinho para brasileiro (uns 45 minutos de viagem), porque para alemão ou austríaco... Você até consegue convencer o gringo a dirigir por 45 minutos, mas o destino tem que valer muuuuito a pena. Só para vocês terem uma noção, nossos amigos alemães que moram na nossa ex-cidade (Ainring) acham Viena longe e pra chegar aqui demora mais ou menos umas três horas de carro. Eles já trazem bagagem para ficar o final de semana porque senão não vale a pena. Detalhe: tem que fazer uma parada na metade do trajeto para esticar as pernas. Acho muito engraçadinho! Quando falei que sempre fiz isso, ia e voltava no mesmo dia pro Goiás mundão véi sem porteira só para dar um beijo na minha tia, no meu vô e na minha priminha... Bom, vou deixar vocês imaginarem a expressão facial deles.

Voltando ao assunto, é muito lindo. Diferente do Thumsee, o Wolfgangsee não tem parte gratuita. O preço é bem tranquilo também (se não me engano, pagamos €2,50 por pessoa), mas por ser uma região bem conhecida pela beleza, é mais difícil achar um lugar vago. Quando falo lugar, é grama mesmo, viu, gente? Onde der para esticar a canga, já joga ela no chão correndo para marcar território. É teu e ninguém tasca!

Tome cuidado com esta área aqui:


Esses troncos delimitam uma área privada. Ou porque é para utilização exclusiva dos hóspedes de um determinado hotel ou porque pertence a uma família. Você pode esticar sua canga (leve a sua canga ou cadeirinha de praia!) em qualquer lugar, menos nessa área privada, ok? O que é uma pena porque são os melhores lugares. Relativamente amplos, com sombra, sol, cadeiras e mesas....tá riscado só para não gerar polêmica(?), mas é verdade

A água é muito gostosa, tem menos formigas e insetos do que no Thumsee, surpreendentemente não vi ninguém tirando a parte de cima do biquini para evitar marquinha... Ou seja: tudo perfeito. Claro que isso não significa que não tenha visto nada. Como falei no outro post, é normal trocar de roupa ali onde você está mesmo. Perder tempo indo até o banheiro? Para quê? É tudo naquele velho esquema do "ninguém vai ver não, é rapidinho" - isso com mulheres e homens de qualquer idade. Vi um rapaz (tinha seus 35 anos) tímido. Ele não queria mostrar o corpitcho e usou isso aqui para se trocar:


Ser discreto: você está fazendo isso errado.
Foto tirada de um anúncio de venda da amazon.de

Algumas mulheres levam dois biquinis porque acham incômodo ficar com o biquini molhado o dia inteiro. Por isso, elas levam um para entrar na água


e outro para tomar sol.


Olhando essas fotos, nem parece que...



Tem um defeito...


Qual?


Não tem um grão de areia, minha gente! É pedra para direita, pedra para esquerda... Imaginem o tanto de ~Valdirenes~ entrando e saindo da água?

Quer saber? Nada tira a beleza deste lugar!


Beijos, queridos!

,

3 comentários até agora

  1. Que lugar lindo! Eu simplesmente adoro esses lagos pertinho dos alpes. A água é sempre tão clarinha! Esse destino é bem legal, vou dizer pro Schnapsi. E essa capa pra se trocar? uahauaha mto bizarra! Mas super útil! Eu usaria algo assim até pra entrar na água, pois sou tao envergonha! kkkkkk
    beijos
    Ana


    Responder comentário

  2. Oi Letícia!
    Menina , adooooro quando você coloca essas fotos !!! Fico aqui só sonhando ....
    Bjs

    Responder comentário

Comente!