terça-feira, 17 de setembro de 2013

Schatz e eu visitamos mais um Heurigen. Este é maravilhoso já no caminho, logo antes da chegada:


Na última curva, o charme típico dos arredores de Viena:



E o danado do Heurigen ainda tem uma vista incrível!


Ah, uma pequena observação: normalmente, chama-se Heurigen o lugar onde é vendido o vinho produzido na região, mas este lugar não é necessariamente dentro das vinícolas. Quando um local se chama Weingut, é porque a vinícola se mistura no ambiente. Como este do post de hoje - Weingut am Reisenberg -, onde é possível ver as uvas (fotos 2 e 3) e beber o vinho produzido com elas.

Estávamos sem muita fome, então pegamos algo para beliscar. Pedimos pão com duas pastas bem austríacas: Liptauer e Grammelschmalz...


...uma tábua de queijos...


...und sobremesa:


Não vou enganar vocês: tem os pontos negativos. Os responsáveis pelo Weingut am Reisenberg se preocuparam tanto em lucrar com a beleza do local que se esqueceram de investir no treinamento dos garçons (não eram/estavam no dia simpáticos) e outro defeitinho: tudo é muito caro. Schatz e eu não temos problemas em gastar um pouco mais quando a qualidade, serviço e todo o conjunto são bons. Lá o preço está tão acima dos outros Heurigen que perde a graça. Você se sente enganado, sabe? Vou confessar para vocês que quem nos abriu os olhos foram nossos amigos alemães. Nós somos brasileiros e estamos acostumados com valores extremamente altos para tudo (não acho bonito, não concordo, mas é a realidade) então nem nos assustou 1/8 de vinho custar €6. Para quem não bebe e/ou não é muito chegado na matemática, 1/8 de vinho é tão pouco que antes da bebida tocar seus lábios, ela já evaporou. Isso eu admiro nos alemães/austríacos: por mais bem de vida que eles sejam, eles sempre dão valor ao dinheiro que ganham e sabem quando é plausível pagar a mais por algo ou não. Coisa que nós, brasileiros, não sabemos mais. Nós perdemos a noção do valor real das coisas e sou grata pela chance de reaprender isso pelas bandas de cá. Gente, não estou falando mal do Brasil. Até porque, quem acompanha o blog sabe que eu defendo nosso país por aqui. Não sou uma brasileira deslumbrada morando no exterior, mas isso não significa que eu feche meus olhos para os nossos defeitos.

Finalizo o post com mais algumas fotos do Weingut:




Beijos, queridos! Uma ótima semana para vocês!



Weingut am Reisenberg
Endereço: Oberer Reisenbergweg 15 - Viena.
Como chegar? Estação Heiligenstadt (linha U4) + ônibus número 38A até Oberer Reisenbergweg + caminhada (10 minutos mais ou menos)
Dia e horário de funcionamento: acompanhar neste link, porque eles só divulgam o horário e dia de funcionamento do mês em vigor. Ex: estamos em setembro. No site tem os horários e dias de funcionamento do mês de setembro.
Site

,

Um comentário até agora

  1. Adorei esse lugar! Essas uvas no meio do caminho...um encanto!
    Pena que não deu tempo irmos num parecido, hein? Tava lendo o post anterior e vi que também não fui no Prater, embora tenha ficado em frente! Mas tínhamos tantas coisas pra ver que eu acho que esse lugar deveria mesmo ter ficado de fora da lista. hehehe
    beijos, amoreca linda!
    Ana

    Responder comentário

Comente!