terça-feira, 3 de setembro de 2013

Minha gente, não tive tempo nenhum no final de semana. Até avisei no facebook do Scho Schee (já curtiu? Curta lá, fazfavô!) que não conseguiria fazer post na sexta porque foi bem puxado aqui em casa. Nossos amigos alemães vieram para cá na sexta e foram embora no domingo. Resumo do final de semana? Ok. Lá vai: sair de casa às 9, restaurante, andar, restaurante, andar, restaurante e voltar para casa meia noite. Repetir o processo no outro dia. Não consigo ver comida até hoje! Foi cansativo (viajamos para uma cidade vizinha também), mas esses dias foram muito gostosos.

Aliás, se lembram que eu estava na saga à procura de um restaurante italiano maravilhoso aqui em Viena? Pois é. ENCONTREI! Também, né? Com tanta comilança, seria estranho se não tivesse encontrado Fica pro próximo post, ok?

Hoje quero mostrar para vocês um Heurigen muito fofo! Ponto negativo: acho difícil turista ir porque precisa reservar. Eles não atendem da forma "normal", que seria mostrar que estão em funcionamento e quem passou por perto, gostou da cara do local, entrar para comer e/ou beber algo. Este Heurigen só está aberto para aqueles que reservaram mesa antes. E é agora que o ponto negativo se mistura com o positivo: eles fazem isso porque a comida é feita na hora. Abrir somente para quem tem reserva evita desperdício e faz com que os clientes sempre tenham refeição fresquinha, feita no dia. Muito amor, né?

Schatz e eu descobrimos o Zum Rabennest muito por acaso. Decidimos andar de bicicleta, sabíamos da existência de um Heurigen por aquelas bandas e fomos. Portas fechadas. Tocamos a campainha e um senhor super simpático nos recebeu. Explicou sobre a reserva, o motivo pelo qual optaram por fazer assim (comida sempre fresca, sem desperdício e tal) e gentilmente nos convidou para entrar e conhecer o local. Ah, detalhe: o portão estava fechado porque eles só abrem a partir das 17h e chegamos lá por volta das 15:30.


O Zum Rabennest passa quase despercebido por fora, mas por dentro cada detalhe chama a atenção. Tudo tão bem cuidado, o senhorzinho sempre tão simpático e em cada palavra dita era possível perceber o amor e orgulho que ele tem pelo lugar.

-"No inverno, tudo isso aqui com neve... Ah, fica lindo. Digno de cartão postal!" - dizia ele.

Para os dias de frio, ele tem um chalé muito charmosinho.


Dentro deste chalé é possível fazer fondue. Neste momento ele pergunta se já experimentamos um fondue com sopa. Ele comenta que é uma delícia mergulhar os vegetais em uma sopa quentinha. Quando ele terminou a frase, só pensei na minha experiência com o fondue chinês e segurei a gota de suor que teimava em cair pela testa.


"Aqui deve ser diferente. Comemos o fondue chinês em um restaurante chinês. Eles são daqui. Com certeza adaptaram este prato para o paladar austríaco". - pensei.

No dia que estávamos lá, uma parte do local estava reservada para uma festa de aniversário.



A especialidade deles é churrasco (nada a ver com o nosso). Eles têm mesas grandes com uma churrasqueirinha no meio para as pessoas fazerem seu próprio churrasco. Caba não, mundão!


Detalhe da churrasqueira de mesa:


Na despedida perguntei quando eles teriam uma mesa para dois. Herr Simpático respondeu com um sorriso: "ah, quer saber? Vou colocar uma mesa a mais para vocês!" Agradecemos e combinamos voltar às 17h, horário que eles abrem oficialmente (sim, a gente poderia ficar mesmo com o local fechado. A gente estava com a corda toda, armaria!).

Andamos mais uma horinha de bicicleta e voltamos às 17h. Tomamos um ~suquinho de cevadis~ e pedimos isso aqui de entrada:


Já que a entrada foi caprichada, dividimos também o prato principal: costelinhas! Não tirei foto porque me esqueci. A vontade de comer foi maior. Perdão, galera!

No final ainda tomei um vinho delicioso! Final de tarde super agradável que com certeza terá repeteco!


E as crianças tostando marshmallow? ♥


Local feito especialmente para as crianças

Um fato: reservaremos um jantar lá no inverno. Com neve deve ser realmente lindo! Adoramos o Zum Rabennest!


Beijos, queridos!

P.S.: Simone, muito obrigada por ter curtido a página do Scho Schee no Facebook!

O que é Heurigen? É um restaurante + vinícola. Sempre tem muito verde, com plantações de uva próximas (às vezes ficam não só próximas, como dentro e os ramos da uva fazem parte da decoração. É muito lindo!) Eles fabricam o próprio vinho com essas uvas e servem no Heurigen. Aliás, uma curiosidade: Viena é a única capital do mundo que produz seu próprio vinho dentro dos limites da cidade!




Zum Rabennest
Endereço: Hauptstraße 108 - Viena
Como chegar? Parar na estação Hütteldorf linha U4 + S-Bahn (metrô de superfície) S50 até a estação Weidlingau. Andar na direção Herzmanskystraße/Hauptstraße - por baixo da S-Bahn - e se manter no lado esquerdo. Em 200 metros você verá o Zum Rabennest no lado esquerdo da rua.
Dia e horário de funcionamento: De quinta a domingo das 17:00 às 22:00. A partir de 6 pessoas, está aberto todos os dias da semana de 12:00 às 24:00. Necessário fazer reserva.
Site

,

3 comentários até agora

  1. Lugar muito agradavel...
    Lembrei do post da sopa.... KKKKKKK
    Só você mesma Lê... KKK
    beijokas

    Responder comentário

  2. Nossa que lugar... e que simpatia do tiozinho... Parece valer muito a pena comer num restaurante assim!


    Responder comentário

  3. Sempre ouço falar que o churrasco pelo mundo afora é bem diferente do churrasco brasileiro, mas toda vez que alguém fala sobre isso , eu sempre acho que é churrasco como no Brasil. Tenho conserto ? rs...

    Responder comentário

Comente!